Coleta de lixo irregular prejudica moradores

Caminhão continua atendendo só metade das casas da Rua 6

Flávia Simão
Giovana Amorim
Ihanna Barbosa
Nathalie Caroni
Yuri Ferreira

Quem mora na rua 6 sente a falta de uma coleta de lixo adequada. Os coletores não percorrem toda a rua. O lixo acaba se acumulando em grandes buracos localizados na rua e, para diminuir o problema, a solução encontrada pelos os moradores foi queimar ou até enterrar o que não é recolhido.

Os moradores fizeram um acordo entre eles para depositar o lixo em uma lixeira que fica na metade da rua 6, lugar até onde o caminhão da Emdurb chegava, mas voltava para descer as outras ruas. O morador Benedito Alves Pereira, que mora no final dessa rua, explica: “se o caminhão chegasse até aqui, a gente colocava mais uma lixeira e o pessoal juntava o lixo aqui”, propondo uma solução.

Placa colocada pelos próprios moradores para evitar o excesso de lixo fora da lixeira. Foto: Nathalie Caroni/VozdoNicéia

Placa colocada pelos próprios moradores para evitar o excesso de lixo fora da lixeira.
Foto: Nathalie Caroni/VozdoNicéia

Xeila Cristina Ramos também está insatisfeita com a situação e enfrenta outro problema. Há três anos, ela convive com um buraco aberto pela prefeitura ao lado de sua casa. O buraco fazia parte de uma de rede de tubulação que não foi concluída, segundo a moradora. “A gente joga lixo pra ver se dá uma tapada”, conta Xeila.

O responsável pela coleta de lixo, Antônio Neto, afirma que na sexta-feira, 9 de maio, a Emdurb vistoriou o local. “Ela tem condições para o caminhão entrar”, observa Antônio, mas a rua ainda precisa de melhorias. “Se passasse uma máquina a rua ficaria mais plana e teria também que jogar cascalho, porque só a terraplanagem não é o suficiente em época de chuva”, explica. Segundo os moradores, na terça feira, 13 de maio, o caminhão da Emdurb passou por toda a rua.

O lixo espalhado pela rua pode trazer diversos problemas para os moradores, pois pode atrair bichos, provocar doenças e um cheiro desagradável que pode se espalhar pelo bairro. Além disso, o lixo pode entupir bueiros e provocar problemas em época de muita chuva, por isso a importância da coleta.

O acúmulo de lixo em bueiros provoca enchentes e alagamento das ruas. Foto: Nathalie Caroni/VozdoNicéia

O acúmulo de lixo em bueiros provoca enchentes e alagamento das ruas.
Foto: Nathalie Caroni/VozdoNicéia

Lixo acumulado nas ruas e buracos: O lixo acumulado que permanece por determinado tempo em algum local, como nos buracos da Rua 6 no Nicéia, por exemplo, passa a ser decomposto por bactérias e produz o chorume, que é dez vezes mais poluente que o esgoto.

Queima de lixo: Queimar lixo para diminuir seu volume, evitar uma aparência desagradável e impedir a proliferação de transmissores de doenças é errado. A queima de qualquer material libera grandes quantidades de gases tóxicos, e prejudica o meio-ambiente e a saúde dos moradores. Além disso, a queima de lixo é perigosa, pois pode causar incêndios.

Lixo nos bueiros: Descartar lixo em bueiros pode trazer problemas também, pois quando chove a água não tem para onde escorrer e pode provocar um alagamento nas ruas do bairro. O excesso de água forma muita lama, deixando complicada a circulação de carros e pedestres.

Baseado em informações do site Reciclando o Planeta.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s