Nicéia no pódio!

Crianças do bairro fazem bonito no esporte e colecionam medalhas

Este slideshow necessita de JavaScript.

Aline Pádua
Carolina Seiko
Lydia Rodrigues

As olimpíadas de Londres terminaram recentemente com festa dos atletas brasileiros, trazendo na bagagem um total histórico de 17 medalhas. Agora as atenções do universo dos esportes se voltam para o nosso país que será sede da Copa do Mundo em 2014 e receberá as Olimpíadas no Rio de Janeiro em 2016.
E aqui no Nicéia também tem muita gente colecionando medalhas. As crianças do bairro participam de um projeto de atletismo com apoio da Dona Joana da Silva, presidente da associação de moradores, em parceria com o Cabo Alcides dos Santos Gonçalves. Alcides é professor de educação física e trabalha em projetos integrados da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) de Bauru.
O garoto Guilherme Prado Garcia, 10 anos, revira a casa tentando achar as medalhas que estavam guardadas numa caixa. Ele segue os passos do irmão Mateus que começou há mais tempo no atletismo. “Um dia ganhei segundo lugar, quase primeiro, mas o moleque correu mais que eu!”, conta animado Guilherme trazendo as medalhas para mostrar.
Há um ano participando do atletismo, Daniely Martins de Souza, de 9 anos, ainda sente aquele friozinho na barriga antes das competições. A mãe dela, Priscila, nos contou que a menina acordou várias vezes durante a noite antes de uma competição de corrida com medo de perder o horário. Animada com o esporte, Daniely não tem preguiça de acordar às 6 da manhã para ir ao treino.
O projeto desenvolvido no Nicéia faz parte do programa da Associação Comunidade-Êxodo (Acaê) que também atende crianças nos bairros Parque Jaraguá e Jardim Petrópolis. Segundo o Cabo Alcides, o objetivo do projeto é formar uma equipe competitiva no futuro. “Depois do juvenil muitos deles passaram a ser atletas competitivos, começaram a disputar jogos regionais, jogos abertos”, conta.
Cabo Alcides comenta também que a proposta é estabelecer um treinamento regular com as crianças do Nicéia. Para isso, o projeto pretende utilizar a pista de treinos da Unesp e estabelecer parcerias para custear uniformes, condução e alimentação dos pequenos atletas durante o treinamento.
Mas para quem gosta de futebol, bem perto do Nicéia fica a Unesp, que desenvolve o projeto Futebol Escola. Vitor Hugo Ferreira Soares participa aos sábados, jogando nas quadras da UNESP. Essa foi a opção que sua mãe encontrou já que Vitor queria ir para uma escolinha de futebol particular. Ele participou do I Festival de Futebol Integração do projeto Futebol Escola da UNESP em julho deste ano.
Para quem gosta de esportes, a UNESP oferece uma série de modalidades, todas gratuítas. Atletismo, handebol, vôlei, academia, aikidô, karatê, futebol, equoterapia e natação são praticados na Praça de Esportes. Para mais informações, basta entrar em contato com o Departamento de Educação Física, no 3103-6082.

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s